domingo, 13 de abril de 2014

Sentido na dor


“Mesmo no riso, o coração talvez sinta dor.” (Pr 14,13)

Um jovem discípulo perdeu seu amor. Estava muito triste e pensava abandonar o barco da vida. Pensava bobagens. Até tirar a própria vida. 

O Mestre pediu ao jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d’água e bebesse. 

- Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
- Ruim - disse o jovem discípulo. 

O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago. 

Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago, então o Mestre disse: 
- Beba um pouco dessa água. 

Enquanto a água escorria do queixo do jovem, o Mestre perguntou: 
- Qual é o gosto? 
- Bom! - disse o discípulo. 

- Você sente gosto do sal? Perguntou o Mestre.
- Não! - disse o jovem. 

O Mestre então sentou-se ao lado do discípulo, pegou sua mão e disse: 
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Então quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido das coisas. Deixe de ser um copo, torne-se um lago...


Oração: Senhor Jesus Cristo, Mestre de mim, na busca de minha felicidade encontro muitas dores no caminho. Ajudai-me a compreender que o sentido da vida consiste no amor e que toda dor só será superada em vós. Assim seja.

(História adaptada por Pe. Demetrius)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha educação...