sábado, 5 de abril de 2014

Dificuldade de rezar

Em seguida Jesus fechou o livro, o entregou na mão do ajudante, e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. (Lc 4,20)

Um discípulo passava por muitas dificuldades na vivência da espiritualidade. Ele não conseguia rezar. Conversava pouco com Deus e assim sentia muitas fraquezas em sua vocação. Constantemente pensava em abandonar a comunidade. Muitas vezes criticava tudo e todos como desculpa para seu mau humor. Cansado de uma vida de oração medíocre dirigiu-se ao Mestre humildemente perguntou: 
- Mestre, o que devo fazer para rezar? Eu tenho me esforçado, mas eu não estou conseguindo! Sem vida de oração tenho ficado amargurado. Preciso de tua ajuda.

O Mestre então sabiamente tomou um copo, encheu de água e entregou ao discípulo dizendo: 
- Filho, ande com esse copo pelo caminho que leva a praça, visite todas igrejas, escolas e bares. Entre em todos os cantos que puder e volte aqui sem derramar uma só gota desta água.
- Impossível – disse o discípulo – eu não vou conseguir.
- Você vai conseguir sim, acredite em mim! – disse o Mestre.

O discípulo saiu devagar com os olhos fixos no copo, desceu as escadas, saiu pela porta, tomou o caminho e foi até a praça. Visitou as igrejas, as escolas, entrou em bares e cabarés, e voltou sem ter derramado a água.

O Mestre olha, dá um tapinha nas costas do discípulo e carinhosamente diz: 
- E aí? Você percebeu as pessoas te observando? Percebeu os colegas que te chamando de louco? Percebeu as riquezas das lojas? Percebeu a realidade em tua volta?
- Não! – respondeu o jovem – Eu estava com os olhos fixos no copo.

O Mestre sorri e diz: 
- Vida de oração é ter intimidade com Deus. Se você fixar os olhos em Deus, como fez com o copo, terá a força que tanto precisa para vencer as tentações, e não mais terá uma vida de oração medíocre. Olhe para Deus e deixe-O ser o rumo de sua vida.

E o discípulo mudou de vida...

Oração: Senhor Jesus Cristo, Mestre de mim, ensinai-me a rezar tendo os olhos fixos em vossa face de amor. Que minha vida possa transmitir a humanidade a vossa ternura. Assim seja!

(História adaptada por Pe. Demetrius)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha educação...