quarta-feira, 16 de abril de 2014

Como Rezar - Leitura Orante da Bíblia


Um dia, Jesus estava rezando em certo lugar. Quando terminou, um dos discípulos pediu: «Senhor, ensina-nos a rezar, como também João ensinou os discípulos dele.»  (Lc 11,1)

“A leitura Orante exige do discípulo três atitudes: 
escuta, compromisso de vida e perseverança”. 

1º Passo: Prepare o ambiente

O ambiente merece grande consideração. Ele é de grandíssima utilidade para recolher-se e colocar-se à escuta. Com o barulho de tantas vozes e interesses que nos arrastam para fora de nossa intimidade, é difícil ler na postura de que escuta. O ambiente sóbrio favorece a concentração na leitura e a abertura à escuta. Com o tempo a leitura passa a ser feita em qualquer lugar. Basta que se tenha a capacidade de se recolher.
Prepare na casa, ou em outro lugar de sua preferência, um “lugar sagrado”. Pode usar os seguintes elementos: uma vela, uma Bíblia, uma musica suave, incenso, cadeira, banquinho ou almofada para se sentar. Desligue o telefone, a campainha, deixe recado dizendo que você não está... por alguns momentos.
Procure uma posição que não canse e favoreça a concentração. A postura corporal é muito importante. Ela revela a intenção íntima de cada um e aumenta a concentração.

2º Passo: Invoque o Espírito Santo 

Com os olhos fechados, dê alguns minutos para que a “poeira” de seus pensamentos e ações se assente um pouco. Respire profundamente e devagar várias vezes, colocando-se na presença de Deus. Respire paz, tranqüilidade, harmonia...., expire insegurança, medo, tensão... Através um canto, um refrão conhecido ou de uma oração, peça as luzes do Espírito Santo. Sem a força do Espírito de Deus o esforço será inútil.
O refrão contemplativo é um meio para se chegar a este estado de oração com o Senhor. Consiste em repetir várias vezes, aumentando e diminuindo o tom de uma “fórmula sagrada”, que lentamente penetrará no subconsciente, atingindo até os níveis mais profundos de nossa personalidade. É assim que nos preparamos para entrar no mundo de Deus e para sentir sua proximidade, pois Ele está bem perto de nós (Sl 119, 151).

3º Passo: Leitura do Texto 

Leia, com calma e atenção, a história do Mestre. São histórias simples, mas que trazem riquezas para nossa vida. Se for preciso, leia o texto quantas vezes forem necessárias.
Procure identificar as coisas importantes deste trecho da história. Imagine o ambiente, os personagens, os diálogos, as imagens usadas, as ações. Você conhece algum outro trecho que seja parecido com este que leu? É importante que você identifique tudo isto com calma e atenção, como se estivesse vendo a cena. É um momento para conhecer e reconhecer a Boa Notícia do Mestre que este Texto nos traz!

4º Passo: Meditar o Texto 

É o momento de descobrir os valores e as mensagens espirituais do Texto: é hora de saborear o Texto percebendo como o Mestre toca a sua vida e não apenas estudá-lo. Você, diante de Deus, deve confrontar este trecho com a sua vida. Feche os olhos, isto pode ajudar. É preciso concentrar-se!

5º Passo: Rezar o Texto:

Toda boa meditação desemboca naturalmente na oração. É o momento de responder a Deus após havê-lo escutado. Esta oração é um momento muito pessoal que diz respeito apenas à pessoa e ao Mestre. 
É um diálogo pessoal! Não se preocupe em preparar palavras, fale o que vai no coração depois da meditação: se for louvor, louve; se for pedido de perdão, peça perdão; se for necessidade de maior clareza, peça a luz divina; se for cansaço e aridez, peça os dons da fé e esperança. 
Enfim, os momentos anteriores, se feitos com atenção e vontade, determinarão esta oração da qual nasce o compromisso de estar com Deus e fazer a sua vontade.

6º Passo: Contemplar a Palavra

Desta etapa a pessoa não é dona. É um momento que pertence ao Mestre e sua presença misteriosa, sim, mas sempre presença. É um momento no qual se permanece em silêncio diante de Deus. Se ele o conduzirá à contemplação, louvado seja Deus! Se ele lhe dará apenas a tranquilidade de uns momentos de paz e silêncio, louvado seja Deus! Se para você será um momento de esforço para ficar na presença de Deus, louvado seja Deus!

7º Passo: Conservar o Mestre em nossa vida

Leve a Palavra do Mestre e o fruto desta oração para a sua vida. Produza os frutos do amor de Deus semeado no seu coração, frutos como: paz, sorriso, decisão, caridade, bondade, etc... Não se preocupe se alguma coisa não for bem, um dos frutos do Amor de Deus é a noção do erro e a conversão pela sua misericórdia. 
O importante é que a semente da Palavra de Deus produza frutos, se 30, 60 ou 100 por um... o importante é que produza, e que o Povo de Deus possa ser alimentado pelos testemunhos de fé, esperança e amor na vivência de um cristianismo sincero.
Termine com a oração do Pai Nosso, consciente de querer viver a mensagem do Reino de Deus e fazer a sua vontade e dê uma abraço apertado no Mestre.

9º Passo: Avalie a Leitura Orante
Como foi fazer a leitura da Bíblia com este método? O que você mais gostou? Onde e qual foi sua maior difilcudade? Se possível anote num caderno ou em seu diário espiritual.

Disse Jesus: Vocês vivem estudando as Escrituras, pensando que vão encontrar nelas vida eterna. No entanto, as Escrituras dão testemunho de mim. (Jo 5,39).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha educação...