sexta-feira, 7 de março de 2014

Um novo olhar

Algumas pessoas estavam falando de como o Templo era enfeitado com bonitas pedras e com as coisas que tinham sido dadas como ofertas. Então Jesus disse: “Chegará o dia em que tudo isso que vocês estão vendo será destruído. E não ficará uma pedra em cima da outra.” (Lc 21,5-6)

Estamos acostumados a valorizar as grandes coisas. Ficamos felizes com a Igreja cheia. Admiramos as grandes construções. Cobiçamos os carros mais caros. Apreciamos os objetos mais valiosos. 

No tempo de Jesus também era assim. Ao ver a grandiosidade do Templo, as pessoas ficavam boquiabertas. Ao contemplar aquela grande construção, as pessoas admiravam a grandiosidade da Religião. Ledo engano!

Grandes prédios não demonstram a grandiosidade de Deus, mas demonstram que nós ainda não compreendemos a Palavra de Jesus. Apesar de sabermos que “quantidade não significa qualidade”, ainda valorizamos os números, como se eles fossem importantes para Deus. 

Jesus Mestre nos ensina a deixar noventa e nove ovelhas para buscar aquela uma que se perdeu. Não podemos nos contentar com 99 ovelhas. Aquela que se perdeu é a mais importante.

Ainda pensamos que construções gigantescas são importantes. Ainda não cremos que nossa existência na terra é passageira. Ainda não percebemos que a Igreja é peregrina, e assim investimos em construção de templos fixos e gigantescos e não depositamos forças naquele que é o verdadeiro lugar de adoração a Deus: o coração humano!

Diante disso, Jesus Mestre nos traz a Boa Notícia: “Chegará o dia em que tudo isso que vocês estão vendo será destruído. E não ficará uma pedra em cima da outra.” Sim, graças a Deus todas as grandes construções serão destruídas. As grandes catedrais desaparecerão. As basílicas virão a baixo. Apenas sobrará homens e mulheres, discípulos e discípulas de Jesus, que formam em Cristo um único corpo, Templo vivo do Espírito Santo.

O olhar de Jesus Mestre deve invadir o nosso olhar para compreendermos que as grandes coisas não têm sentido. Apenas as pequenas coisas podem dar sentido às grandes. Ou cuidamos de nosso coração e de nosso olhar, ou perderemos a oportunidade de aprender o valor das pequenas coisas. É Jesus quem nos ensina a valorizar aquilo que realmente vale a pena.

Oração: Senhor Jesus Cristo, Mestre de mim, convertei meu olhar para que eu veja o valor das pequenas coisas. Que eu compreenda que as grandes construções são inúteis em Vosso Reino e assim possa construir um coração verdadeiramente adorador de Vós que viveis e reinais com o Pai, na unidade do Espírito Santo. Assim seja.


3 comentários:

  1. Lindo Pe Demetrius que Jesus me ajude a ver a grandeza na pequenez

    ResponderExcluir
  2. numa catedral ou numa basílica não vejo a imponência do prédio mas o trabalho de milhares de artesãs que colocaram sua fé ao serviço de Deus, dando o melhor deles.

    "Dieu regarde plutôt une offrande pure qu'une offrande riche".Citation de Publilius Syrus ; Œuvre : Sentences - Ier s. av. J.-C.(Deus olha mais uma oferenda pura do que uma oferenda rica.)

    ResponderExcluir
  3. Com concordo contigo padre Demetrio. As grandes construções foram feita com o sangue e o suor dos pequenos, que receberam salários baixos ou até trabalho escravo. um dia, essas grandes construções serão destruídas e o ser humano será valorizado. Parabéns pelo artigo.
    Gilberto - Vitória do Espírito Santo

    ResponderExcluir

Tenha educação...