terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Fruticar nas podas

“Todo ramo que não dá fruto em mim, o Pai o corta. Os ramos que dão fruto, Ele os poda para que dêem mais fruto ainda.” (Jo 15,2)

Muitas vezes em nossa vida temos momentos bons e alegres que nos faz sentir que a vida vale a pena. Nesses momentos costumamos agradecer a Deus pela graça derramada sobre nós. 


No entanto, há momentos em que somos surpreendidos por circunstâncias negativas, reveses traiçoeiros que tiram nossa serenidade, roubando-nos a paz.

Nesse momentos, onde nada parece dar certo, procuramos estabelecer uma relação de causa e efeito e buscamos uma causa ou um culpado para explicar o porque nossa vida virou um caos. 

Esses momentos nos causam dor. Mas se permanecermos em Cristo, sabemos que essa dor é apenas o resultado da “poda" feita pelo Pai Eterno. Quem é bom ramo dá frutos nos momentos bons. Mas, as dificuldades da vida nos podam para que possamos melhorar e dar frutos bons. 

As dores da vida nos melhoram. As circunstâncias de nossa história nos tornam humildes e fraternos. Saibamos que as dificuldades são passageiras. Essas podas passam. Daremos bons frutos se não perdermos a esperança. Esses frutos dependem de nossa capacidade de amar como Jesus amou.


Oração: Ó Pai de Bondade, Vós sois o vinhateiro de nossas vidas. Fazei-nos íntimos e ligados à videira que é Jesus, nosso Mestre. Que possamos dar fruto neste mundo tão dividido sem perder a fé, a esperança e o amor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenha educação...